Sapatos, Heineken,…E machismo? Será?

Quarta-feira começou a ser veiculada a propaganda da Heineken anunciando a final da Champions League que ocorre hoje as 15h45 . Assista:

Heineken anunciou uma promoção em parceria com uma loja de sapatos, a qual entrará em liquidação exatamente no horário do jogo da UEFA, para fazer sua publicidade através de uma brincadeira entre a a relação homem x mulher. Obviamente a patrulha dos politicamente corretos começou a bater na tecla de que a propaganda era machista, que mulher também pode gostar de futebol, e todo esse mimimi que acontece todo santo dia por algum motivo idiota hoje em dia. Aí eu pergunto: Quantas mulheres sabem quem vai disputar a final hoje? Quantas mulheres são apaixonadas por sapatos?

Particularmente, prefiro assistir a final do que comprar sapatos (mas se fosse liquidação de vestidos eu ficaria com a liquidação, gente. <3), assim como eu e outras mulheres que gostam de futebol, tem homens que preferem comprar e não ligam muito para futebol. Achei a propaganda simplesmente genial! Ela brincou com algo que realmente acontece, ainda que não inclua todos, e não vejo machismo algum brincar com um comportamento que tende sim ser feminino ao se interessar mais por sapatos do que por futebol. Não é a Heineken que afirma esse comportamento como sendo predominante, é a sociedade, e ela se utiliza disso apenas para fazer uma publicidade bem humorada.

Outro comercial da Heineken de um tempo atrás que brinca com essas preferências (não regras), é este:

Eu sou mulher, prefiro cerveja e futebol a sapatos, e ainda acho genial as duas propagandas. Sinceramente, acho que essa galera que toda hora gosta de levantar a bandeira da revolta e não consegue ver bom humor nisso, no mínimo ficou magoada por não saber nem que terá jogo, e estava desinformada que hoje era dia do namorado (ou namorada) dar menos atenção. Como falei no post “O rolezinho da classe média“, parem de querer achar preconceito em tudo, discriminação em tudo,…e se analisem dentro de cada situação, analisem a sociedade antes de simplesmente seguir a maré da revolta e começar a protestar (no Facebook), ainda que existam muitas mulheres que gostam de futebol, é inegável que a maioria de nós damos mais importância a uma liquidação do que a um jogo.

Bom, para agradar todos os gostos:

– Quem quiser comprar sapatos

http://www.shoestock.com.br/ – liquidação começa às 15h45 no horário de Brasília.

– Quem quiser assistir ao jogo

Real Madrid x Atlético (não é mineiro, não é paranaense,… é de Madrid, o campeonato é Europeu!)- 15h35

O jogo poderá ser assistido na ESPN, onde a cobertura começa às 14h.

– Para as revoltadas que também querem assistir ao jogo de pirraça
Vão beber Brahma! (que faz uma campanha chamada “Movimento11” para separar o dia dos namorados da abertura da Copa)
Lista de bares divulgados pela Brahma, que aproveitou a campanha genial da Heineken, para fazer contra-publicidade entre os revoltados: http://www.pedidadehoje.com.br/

E só pra lembrar quem aplaude a crítica da Brahma a Heineken:

Anúncios

4 pensamentos sobre “Sapatos, Heineken,…E machismo? Será?

  1. Eu sinceramente prefiro comprar sapatos tomando uma cervejinha…mas nem estava sabendo da promoção, pois tenho uma filha de 4 anos e estava assisitindo nick jr…kkkkkk

  2. Eu apesar de estudar Moda, não tenho essa paixão por sapatos. Mas entendo essa sua ocupação paralela! Hahaha…

    Tenho duas irmãs bem mais novas que eu, já não tão pequinininhas quanto a sua filha, mas agora com 10 e 15 anos, e tenho que destinar atualmente uma parte do meu tempo para assuntos como “Demi Lovato” e “One Direction”.

    Mas da época delas quando mais novas, assisti a muito “Teletubbies”, “Bob o construtor”, “Art Attack”, “Hannah Montana”, e outros que felizmente eu já nem lembro! Hahaha…

    Parabéns pela filhinha, apesar de exigir muita dedicação, essa fase quando ainda são pequenininhas, é maravilhosa!!! 🙂

  3. Realmente é uma fase muito gostosa…cheia de descobertas. Mas foi só uma brincadeira…com intuito de demonstrar que tem que gente que se preocupa com “preconceitos fabricados”. Realmente não tem nada a ver, eu não gosto de futebol e mesmo se gostasse jamais me sentiria ofendida com a propaganda. Gostar de sapatos enão saber nada de jogos é um comportamento da maioria das mulheres, o que não quer dizer que não exsitam várias mulheres que preferem assisitr jogos à comprar sapatos, cada um na sua. O que acontece é que hoje está tudo exacerbado. Mulheres achando que temos que ter ser iguais aos homens, eu acho que a beleza e o desafio do relacionamento está justamente nas diferenças. Sou engenheira civil, uma profissão predominantemente masculina, mas jamais deixo de exercer minha feminiliade para provar algo a alguem. Sou quem sou e tenho meu lugar. Beijos. Estou adorando seus posts.

  4. Nossa, adorei seu comentário!! Concordo plenamente com você, e não mudo uma palavra sequer!

    E obrigada pelo elogio aos posts! ❤

    (quando eu respondi o anterior perdi o
    foco sabendo que você tem uma filha de 4 anos! *_* hahaha… Bateu saudades de morar com crianças).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s